terça-feira, setembro 08, 2009

Aviso à classe política

Que vergonha, o que se tem passado nos últimos dias, por parte da classe política do Concelho!
O Taberneiro recebeu já 4 mensagens anónimas e dois mails no mail pessoal do TouCaNeura, não só a pedir para retirar posts, como com ameaças pessoais à sua integridade física!
Pois se até aqui, temos levado tudo muito a brincar, também somos muito capazes de fazer posts em que venha ao de cima, a (pouca) qualidade que os políticos e ex-futuros pseudopolíticos demonstram, e com isso, dar votos a quem acharmos que nos respeita.

Pudemos até enumerar razões para não nos conseguirem calar:

1- Não somos controlados pela PRISA (dona da TVI).
2- Não há colaboradores com uma boca tão grande como a da Manuela Moura Guedes.
3- Não somos primos de José Sócrates, nem muito menos tiramos cursos ao Domingo.
4- Temos um pacto de não agressão com a GNR de Alcanena.
5- O Procurador Geral da República é amigo de El Che.
6- Temos ainda um dos melhores advogados do País.

Portanto tenham medo, muito medo, se não querem que seja o TouCaNeura, a dar a vitória nas próximas eleições autárquicas.

15 comentários:

ricardini disse...

Jamais pensaria que um blog tão pequenino pudesse exaltar algumas pessoas que se dizem politicos.

O que será feito do Concelho ou da Freguesia quando estes senhores forem contrariados nalguma negociação que possam vir a fazer? porrada, degulações, exterminios, etc?

Meus amigos, conhecem a palavra diplomacia? fairplay? sentido de humor?

Por amor de Deus!!!!

Tenho que bazar, mas amanhã escrevo mais umas coisas que tenho a dizer.

Um Abraço taberneiro

wolfinho disse...

Não sei onde está a surpresa!

Num jornal de 1000 exemplares mês houve pressão até mais não. Só quem não os conhece é que fica surpreendido.

e o burro sou eu? disse...

O taberneiro falou e o mundo tremeu.

Anónimo disse...

Este Ricardi vê-se mesmo que a sua excepcional banda roqueira está no desemprego. Passa o tempo aqui a ler posts e a dizer baboseiras.

ricardini disse...

Anónimo, fazes-me rir...gosto de escrever, e como a outra dizia "canto mal, mas canto muito"..

A Banda roqueira, como tu dizes já vai fazer 16 anos e tem no seu curriculum mais de 1000 espectáculos em todo o país.

E para que acabem as bocas do desemprego, eu passo a explicar: - Na vida fazem-se opções, e a nossa opção é tocar o máximo uma vez por mês. Não temos vida (os 5) para andar a tocar, como já fizémos, 4 ou 5 vezes por semana, nem 2 vezes por semana!!!

Eu sei que por vontade de alguns, como este anónimo, tanto a nossa "banda roqueira" como a SMM, a orquestra, os Boca de Cena e outros que tais nunca trabalhariam. No nosso caso, desde sempre que houve gente que gosta de nós, e que passado estes anos todos ainda aparecem por onde andamos.

Um abraço

Anónimo disse...

Um abraço á rapaziada do Tou Ca Neura.

De gente que se julga imune a criticas estamos fartos.

Porrada neles (a brincar) como têm feito até aqui.

Sem medo.

Anónimo disse...

Casa onde não há pão, todos ralham mas ninguém tem razão.

Anónimo disse...

engolir "clowns" rui CARVALHO,diz o ANÓNIMO correcto, gostaria de te conhecer pessoalmente.

Zé Cueca disse...

Tenham medo
muito medo

Anónimo disse...

Hoje passou-me uma coisa pelo cérebro que tenho de pôr em linhas aqui..bendito seja este blog que nos permite dizer o que vai na alma.
Minde tem o que merece!
Um concelho dirigido por pessoas que muito pouco ou nada fazem pela Vila... apenas aparecem de 4 em 4 anos com sorrisos, apertos de mão e presenças em tudo o que seja cultura, teatro, concertos, inaugurações de museus. E mesmo aqueles que são eleitos nessas listas que obtêm mais votos, andam ao beija-mão do presidente eleito. Foi assim com o o vereador João José e será assim sempre... para quando uma pessoa minderica capaz de ser eleita presidente?..será que a há em Minde?
Já aqui foi escrito que a os espectáculos feitos em Alcanena pelo teatro da Casa do Povo nada teve de retorno... até as divídas contraídas para a realização desses espectáculos, segundo se consta estão por saldar... Promessas! promessas!!...
Lembro do meu tempo de adolescente em que os mindericos se achavam superiores. Ser minderico era ser diferente... afinal passados alguns anos o que se vê?..
A Vila está em decadência, a industria quase desapareceu e os mindericos têm de ir trabalhar para fora, coisa impensável há 40 anos atrás.
a Vila é culturalmente rica... mas para isso os alcanenenses estão-se maribando... preferem ser incultos, ignorantes, estúpidos até...mas ter um presidente deles que não deixe Minde tomar um novo rumo...
A divisão minderica só à terra sede de concelho talvez mais retrógado dos últimos anos favorece.
Um abraço.

ALICE COOPER

Anónimo disse...

questiono-me: será que essa penultima frase, "..novo rumo", tem alguma influencia politica??..

fiquem pensando

El Che disse...

Taberneiro,

Vocês são grandes. Caga nas críticas, ameaças e tentativas de influências que a 12 de Outubro já ninguém se lembra e já está tudo a guardar as facas para 2013...

Long life to TCN!
A luta continua!

Abrs. e bj. à Kate,

El che

ps: e cá estaremos para o que der e vier...

Anónimo disse...

Anónimo
foi propositado pôr "novo rumo" mas não é minha intenção influenciar o sentido de voto.
Aliás também se pode mudar de rumo com a lista que detém o poder... é só fazer melhor...Não basta pagar dívidas (o Tesoureiro diz que o seu grande mérito é não dever a fornecedores) é preciso fazer obra. Não vejo os os políticos serem recordados por dívidas mas sim por obra feita.

ALICE COOPER

Zé Cueca disse...

Até concordo com o(a) alice cooper.
Gostava de ver dividas e obra feita.
Mas vejo dividas e obra por fazer.

De quem é a culpa? Do Zé Cueca não é!

ricardini disse...

Concordo com a vila decadente que é Minde, mas só aos mindericos o deve.
Cabe aos mais novos aprender com os antigos.
Quero eu dizer com isto o seguinte:
- haviam muitas fábricas, mas nem sempre trabalhavam bem, havia para aqui muita coisa, muito mal feita...ninguem sobreviveu...
- As Fábricas que trabalhavam bem, da duas uma, ou lhes ficaram a dever muito dinheiro, ou continuam cá! e há alguns casos!
- Os mercados texteis sofreram uma metamorfose que muitos dos industriais mindericos nunca tiveram preparados, ou por inercia ou por falta de capacidade, e penso que será mais pela primeira hipotese.

Portanto, cabe à nova geração, dar a volta a esta situação, fazer e fazer melhor.

Eu acho que as mantas mindericas ainda têm algum sentido, mas com muita cabecinha.
Posso-vos confidenciar que há uns tempos fui a um hotel bastante "lounge" perto de Sines, em que os quartos eram decorados com mantas mindericas, sendo que quando confrontei a dona com o facto, ela disse-me que eram alentejanas!!!! MAS O QUE É QUE É ISTO!!!!!!!!!!!! nem as mantas conseguimos certificar????

Há muito trabalho a fazer em Minde, principalmente no enaltecer do trabalho que foi feito por muitos dos mindericos antigos, e dous os exemplos das Mantas, da Piação do Xaral do Ninhou, dos Texteis, da musica, da cultura....etc.etc.etc.

Um abraço